VemSerFamil! Aqui a sua graduação realmente cabe no bolso

/blog

Faculdade e sua estrutura. Importância de espaços, equipamentos e reputação

Eduardo Martins / blog

Faculdade é um espaço onde a disseminação do conhecimento acontece e, por lógica, a estrutura oferecida para que este trabalho aconteça é fundamental no sucesso da empreitada.

O estudante está disposto a captar o conhecimento proporcionado, inclusive, em muitos dos casos, paga por isto, de uma maneira ou de outra.

O professor tem como fundamento profissional, ensinar e proporcionar ao aluno a melhor condição possível para aprender.

A faculdade precisa disponibilizar espaços, ambientes, equipamentos e tecnologia compatível com o grau de qualidade que se propõe a desenvolver.

O conceito estrutural de uma universidade é, diretamente, o de proporcionar à qualidade do ensino projetada no seu programa pedagógico.

O desempenho de todos os envolvidos no processo educacional está diretamente ligado à qualidade estrutural proporcionada para aplicação das técnicas didáticas e execução das tarefas previstas no programa de ensino.

O conjunto de espaços, acervos, equipamentos e tecnologia disponíveis numa faculdade, vai ampliar o potencial de exposição dos conhecimentos que precisam ser absorvidos pelos alunos, considerando também os aspectos de experimentação, execução prática e ensaio das teorias e argumentos técnicos oferecidos.

Certamente o conjunto estrutural da faculdade é um dos fatores de maior relevância na hora de optar pela instituição que será responsável pela graduação.

O que compõe a estrutura de uma faculdade:

Os principais componentes estruturais

Faculdade é uma etapa da vida de consolidação do conhecimento como via de construção de uma cidadania proativa.

O professor e o aluno interagem, na oferta e no consumo da informação e a amplitude como esta interação acontece, é diretamente proporcional a infraestrutura que é oferecida.

Não é tão simples imaginar a estrutura como os espaços físicos, mobiliário e equipamentos.

Tudo isto é importante, mas a estrutura de uma universidade avança e vai além, envolvendo o contexto geral, de amplitude do conhecimento e o seu potencial de aplicação útil.

Espaços físicos são relevantes na estrutura das melhores faculdades:

A relevância da qualidade

Faculdade começa por uma boa composição de seus espaços físicos, começando pela localização, de fácil acesso, com mobilidade ótima, bons espaços de estacionamento e trânsito, além da elementar condição de segurança, tanto de trajeto quanto dentro de suas áreas reservadas.

As salas das especialidades precisam ser amplas e acomodar com folga e conforto os alunos, com ambientes climatizados, adaptados ao clima regional, proporcionando um ambiente agradável, onde não haja dispersão com muito calor ou frio, muito ou pouco vento, muita ou pouca iluminação e demais questões essenciais, que precisam estar equilibradas para proporcionar condições adequadas ao nível de concentração exigido.

Os espaços de convivência precisam ser amplos e úteis, além de serem bem pensados no seu melhor aproveitamento, para que as pessoas possam interagir, espairecer, relaxar, estudar, ler, exercer a convivência natural a um espaço universitário.

Espaços com amenidades, alimentação, lanches rápidos, reabastecimento pessoal, também são considerados na avaliação de estruturas ideais no âmbito do aprendizado.

Espaços de pesquisa e desenvolvimento:

Espaços de desenvolvimento científico

Uma boa faculdade precisa contar com espaços destinados à pesquisa e ao desenvolvimento técnico.

Podemos considerar neste enquadramento uma biblioteca robusta, com disponibilização de material de qualidade para o desenvolvimento de pesquisas, teses, literatura e conhecimento em geral.

Obviamente a tecnologia vem avançando com força sobre as formas como a informação é armazenada e, portanto, uma boa biblioteca e centro de pesquisas, requer um nível de conectividade superior, permitindo um acesso web de alta velocidade e de acesso livre, ao menos para os alunos que compõem o quadro de estudantes da instituição, seus professores e agentes da educação.

Laboratórios também são elementos estruturais importantes no universo acadêmico.

É claro que o laboratório científico, voltado às ciências como química, física, biologia e afins é a primeira imagem que vem à mente quando fazemos referência a laboratórios, mas esta denominação é muito mais abrangente.

Hoje em dia associamos o termo laboratório à área de tecnologia, indo desde a informática tradicional, com as ciências da computação, programação e sistemas, até à mecatrônica, a robótica e desenvolvimento de materiais.

Tudo isto possui o conceito implícito de operação em laboratório.

Existem laboratórios de arte, de ciências humanas e todos eles precisam contar com espaços específicos para o seu melhor desenvolvimento.

Tecnologia da informação e sistemas de controle de dados e acessos:

Sem limites

Faculdades modernas possuem um sistema de controle, tráfego e armazenamento da informação em condições primorosas.

Nenhum patrimônio é maior para uma instituição de ensino do que o conhecimento que ela é capaz de produzir.

Este conhecimento trafega na forma de informação e, como tal, é armazenado, controlado e administrado.

A qualidade das conexões, dos equipamentos de acesso que são disponibilizados pela instituição, os sistemas informatizados que proporcionam o acesso aos diferentes níveis de autonomia, os mecanismos que guardam os registros de desempenho, todo este manancial de controle e tráfego da informação é parte decisiva do conjunto patrimonial e estrutural da faculdade e instituição.

Os equipamentos de apoio também compõem parte importante da infraestrutura tecnológica de uma instituição de ensino em nível superior.

Cada vez mais a tecnologia proporciona soluções criativas para enriquecer a experiência de aprendizado dos alunos.

Telas interativas, sistemas de imagem e som de alta qualidade, conexões instantâneas, acesso à bancos de dados exclusivos, uma série de elementos que formam um conjunto valioso de tecnologia da informação, valorizando também o conjunto global de qualidade da instituição.

Espaços culturais, esportivos e de desenvolvimento social:

Mente sã

Uma faculdade de bom nível também possui, diretamente em suas instalações, ou através de convênios e parcerias, uma boa estrutura de auditório, onde são realizados eventos de diversas formas, sempre na direção do desenvolvimento educacional.

Uma universidade também deve utilizar espaços especiais para o desenvolvimento artístico e cultural e possuir espaços destinados a este fim.

As atividades esportivas também são relevantes em todas as etapas da vida, o que não é diferente no âmbito do ensino superior.

Algumas instituições possuem ginásios e complexos esportivos, de maior ou menor porte, mas o que importa, é que de forma própria, ou terceirizada, a universidade consiga suprir esta necessidade para que a interação esportiva se torne frequente e habitual em todas as suas atividades educacionais.

Infraestrutura é um conjunto e a faculdade deve proporcionar por completo ao aluno e à comunidade:

Conjunto estrutural diferenciado

Faculdade de primeira é aquela que possui um bom resultado acadêmico e, este resultado, depende de uma série de variáveis que compõe o conjunto de qualidade da instituição.

A soma dos fatores estruturais, como os espaços físicos, a qualidade das dependências, o cuidado com o estado geral de tudo, envolvendo a limpeza, a manutenção, a operacionalidade, molda a envergadura estrutural da faculdade.

O manancial técnico e de conhecimento da faculdade, seu corpo de professores, o nível de graduação e especialização de suas equipes de ensino, são outro componente indissociável da qualidade da instituição.

O aparato tecnológico, a conectividade, os sistemas informatizados, a agilidade como a comunicação e os registros acontecem, complementam o conjunto estrutural e fornecem a qualificação de estrutura que a universidade precisa para propagar os conhecimentos e oferecer resultados vencedores para quem confia seu aprendizado à instituição.

A opção pela faculdade que vai atuar no desenvolvimento da graduação de cada aluno, deve considerar muitos aspectos, mas objetivamente, os recursos de infraestrutura, bem como as condições de utilização de todo este aparato, são determinantes do sucesso da empreitada acadêmica e fazem muita diferença nos resultados pretendidos.

Um pouco mais além, que deixamos por último, mas exatamente porque não tem uma importância menor que todo o resto, está a reputação da instituição.

O conceito geral não se apresenta apenas na forma de índices de avaliação (o que é relevante), mas a reputação como instituição educacional, sua história, a forma como trata seus assuntos, sua presença e postura institucional, seus conceitos humanitários, seu envolvimento social e comunitário e o seu conjunto de diretrizes, que apontam sua missão para o norte do conhecimento, tudo isto compõe o conjunto de reputação da faculdade e deve ser considerado acima de todas as outras variáveis, pois espaços mirabolantes, sem conceitos apropriados, por mais gente que reúnam, serão sempre espaços vazios.